O presente blog se propõe a reflexão sobre os Direitos Humanos nas suas mais diversas manifestações e algumas amenidades.


terça-feira, 25 de junho de 2013

Crise de Representação


Durante os protestos que ocorrem pelo país uma pesquisa foi realizada pelo IBOPE e o resultado não chegou a ser nenhuma surpresa para aqueles que acompanham as manifestações.
 
...

"Em manifestações por todo país representantes de partidos políticos foram estimulados a abaixar suas bandeiras: 89% das pessoas que estavam lá disseram que não se sentem representados por qualquer partido político; 83% dos manifestantes entrevistados não se sentem representados por qualquer político; 96% não são filiados a partido político.

"O grito nas ruas sem partido, a tentativa de rasgar bandeiras, a tentativa de impedir pessoas com camisetas é uma recusa profunda a um sistema político que está distanciado inteiramente daquilo que as pessoas querem e desejam pra elas. Nós chamamos isso de crise da representação", disse Francisco Carlos Teixeira.

"A questão central é que os partidos políticos existentes hoje no Brasil, desde aqueles que estão no governo, mas também aqueles que estão na oposição, eles perderam o contato e a sensibilidade com a população brasileira. Esse não é um caso brasileiro. Isso existe na literatura de ciência política e história."
 
Sei em quais políticos votei e julgo que eles me representam. Apesar disto, eles fazem parte de partidos políticos que não confio.
 
O fato é que a crise de representação existe, ainda que muitos militantes partidários queiram negar, combater a ideia ou dar pseudo aula política...
 
De todas as consequências dos protestos, ao meu ver, este é o seu melhor fruto. Repensar e propor a reestruturação desta representação. A reforma política é imperativa.    
 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin