O presente blog se propõe a reflexão sobre os Direitos Humanos nas suas mais diversas manifestações e algumas amenidades.


domingo, 29 de agosto de 2010

Campanha pela continuidade do Declínio de Marcelo Crivella. Basta saber e ensinar a votar!


Num país onde a candidata do PT, Dilma Rousselff, lava as mãos com a água dos evangélicos, e como Pilatos, abandona os LGBTs afirmando que os nossos direitos deverão ser decididos pelo Congresso (sabendo que até hoje nenhuma lei foi aprovada), sem qualquer apoio do Poder Executivo, nos resta tentar arrancar os principais políticos homofóbicos de nossa frente.

Os Senadores Marcelo Crivella e Magno Malta foram os principais protagonistas da guerra criada pelos evangélicos no Senado Federal contra os LGBTs.

No Rio de Janeiro, existem duas vagas a serem preenchidas e Marcelo Crivella começou a aparecer como o primeiro colocado nas pesquisas de intenções de votos. Para o Data Folha começou com 42%, passou para 40% e agora estaria com 37%, e para pesquisa IBOPE, Crivella despencou de 37% para 30%.

O candidato Crivella está em declínio vertiginoso!!! E atenção: em ambos os institutos de pesquisas o percentual daqueles que ainda não sabem em quem votar varia entre 40% e 42%.

Numa leitura rápida da pesquisa do IBOPE constatamos que Crivella está, POR ENQUANTO, em segundo lugar, caindo, com 30% dos votos. O primeiro lugar pertence a Cesar Maia (DEM) com 37% das intenções de votos e em terceiro lugar está o Lindberg Farias (PT), subindo, atualmente com 24% dos votos, seguido por Jorge Picciani (PMDB) com 16%.
/
Portanto, pela pesquisa do IBOPE, em 28 de agosto, temos:
1º lugar – Cesar Maia (DEM) - 37%
2º lugar – Marcelo Crivella (PR) - 30%
3º lugar – Lindberg Farias (PT) - 24%
4º lugar - Jorge Picciani (PMDB) -16%
Brancos e Nulos – 25%
Indecisos - 40%
Alguns aspectos importantes, Lindberg está com votação ascendente na escala e tem o apoio na campanha televisiva do Lula. Tende a crescer cada vez mais. E, como já dito antes, o alto percentual de indecisos definitivamente não se referem aos evangélicos. Estes já saem da igreja gritando louvores ao Senador Evangélico. Sendo assim, os indecisos poderão engrossar a votação para Cesar Maia e Lindeberg Farias, deixando o Bispo vendo poeira...

Lindberg Farias, petista, está com sorte. Isto porque todo mundo sabe que Crivella não cansa de dizer que é amigo PESSOAL do Lula. E é, de fato. Se Lula não está em campanha apoiando Marcelo Crivella contra o Lindberg Farias, candidato de seu próprio partido é porque o Tribunal Regional Eleitoral proibiu.

Mas vamos combinar que seria uma grande indecência do Lula apoiar Crivella para impedir que, exatamente o candidato de SEU partido, Lindberg Farias, consiga ultrapassar o evangélico.

Não há dúvida que todos que não querem Marcelo Crivella no Senado Federal devam fazer campanha e lutar para que os votos para o Senado do Rio de Janeiro sejam de Cesar Maia (DEM) e Lindberg Farias (PT). O que Crivella deseja é exatamente que os votos se espalhem, de forma que, ele permaneça entre os dois primeiros colocados.

O Bispo Marcelo Crivella é tão religioso que nós LGBT estaremos também fazendo um grande bem para ele. Melhor para que ele possa se dedicar mais ao seu ministério da Igreja Universal Reino de Deus!

Ele sequer precisa do salário do Senado, o possível salário da Igreja Universal já deve ser extremamente polpudo. E mesmo que não tivesse a renda da Igreja, advinda dos dízimos, ainda há as possíveis cotas ou ações da TV Cabrália Ltda e da TV Record de Franca S/A.

Em última análise, o candidato pode resolver um velho problema da sua igreja. Lembram quando em 2005 um deputado foi surpreendido pela Polícia Federal com 10 milhões numas malas, quando transitava num avião da Igreja Universal? Pois então, lembra que foi lido pelo Senador Crivella uma nota oficial no Senado que os 10 milhões eram doações dos fiéis e que eles da igreja preferiam levar o dinheiro no jatinho da igreja, em função da burocracia do sistema bancário? Ele teria mais tempo para ajudar o Bispo Macedo nesse atalho contra a burocracia ...

Isso me faz recordar o quiprocó que deu, à época, os comentários de Arnaldo Jabour. Marcelo Crivella entrou com ação contra a Rede Globo porque não gostou dos comentários do Jabour, mas perdeu em todas as intâncias.

Como recordar é viver, e sempre é bom recordar, especialmente quando envolve política, transcrevo os comentários de Jabour que tanta ira causou no Senador Bispo Crivella:

“Irmãos, não vos deixeis confundir pelos inimigos da Igreja Universal do Reino de Deus, eles que estão querendo manchar o nome do nosso bondoso bispo deputado João Batista Ramos, só por que ele transportava 10 milhões em dinheiro vivo, em 7 malas. Esse dinheiro tem origem, ele vem do trabalho honesto e suado dos devotos da Igreja Universal, que doam 10% de tudo o que ganham para o bem dos Bispos, para que a Igreja possa abrir ricas sedes em Nova York, em Lisboa. Esse dinheiro sagrado serve, para financiar televisões, palácios de mármore, como em Salvador, para exterminar com os Exus da religião dos negros baianos.

É muito consolador, Ó Irmãos, saber que nossos bispos podem viver em paz e conforto, como Edir Macedo, Rodrigues, Crivella, tantos outros santos homens, para nos levar para o Reino de Deus. Esse dinheiro sagrado serve também para financiar as campanhas de nossos deputados no Congresso.

Eles estão lá, defendendo os interesses da Igreja Universal, ou melhor, os nossos interesses.

Dai mais dinheiro, dai mais do que 10%, dai tudo o que tiverdes e, se morrerdes de fome, ireis para o Céu, direto, como no jatinho do bispo Edir Macedo.

Orai pelo deputado João Batista Ramos, irmãos, ele é um enviado de Jesus. Aleluia, Irmãos!”

Política e Igreja, mistura que não deveria ser admitida!
/
Portanto, vamos ajudar que cada pessoa fique no seu devido lugar. Minha campanha não é a favor dos demais candidatos, mas CONTRA CRIVELLA no Senado. O Bispo Marcelo Crivella muito fez por merecer, ao pregar seus dogmas durante anos no Senado, que deveria ser laico.
/

Um comentário:

neiand disse...

Para vê que Marcelo Crivela não precisa estar na politica pelo dinheiro como muitos ele està para fazer a vontade de Deus e se não for então Deus tira.
Sobre a mala de dinheiro da Igreja fiquem tranquilos se eles pecaram Deus vai por a mão e vai julgar acreditem a mão de Deus é pior da mão do diado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin