O presente blog se propõe a reflexão sobre os Direitos Humanos nas suas mais diversas manifestações e algumas amenidades.


sábado, 3 de abril de 2010

Dia de Malhar Judas! Quem eu malharia!

.

Malhação de Judas é uma tradição de diversas comunidades católicas e ortodoxas, introduzida na América Latina pelos espanhóis e portugueses. É também realizada em diversos outros países, sempre no Sábado de Aleluia, simbolizando a morte de Judas Iscariotes.

Consiste em surrar um boneco do tamanho de um homem, forrado de serragem, trapos e jornal, pelas ruas de um bairro , batendo com uma vara e ateando fogo. Normalmente, nos subúrbios do Rio de Janeiro, coloca-se ocultamente o boneco no poste, próximo daquele vizinho insuportável, com um cartaz para não deixar dúvida a quem se refere. Hoje, pelo vasto Brasil, os cidadãos se apropriaram da figura para manifestar o repúdio a conduta de alguns políticos.

Nesse mesmo espírito, indicarei aqui algumas das pessoas que poderiam ser meus bonecos de Judas Iscariotes neste Sábado de Aleluia:


1- Joseph Ratzinger, Papa Bento XVI, que propaga pelo mundo que os Homossexuais destroem "obra de Deus", condenando a prática homossexual, apesar de encobertar sacerdotes pedófilos que abusavam de criancinhas;

2 - Marcelo Crivella, Senador do Rio de Janeiro que criou propositalmente vários obstáculos para aprovação do PLC 122, declarando-se ser absolutamente contrário ao projeto. Também afirmou no programa do Jô Soares que como cristão não aceita a homossexualidade. Existem também entrevistas afirmando que a homossexualidade "é claramente anti-natural". Além disso, o senador afirma que tanto pais quanto religiosos não podem prescindir do direito de orientar seus filhos e fiéis sobre o que seria correto no que se refere à “escolha sexual”;

3 - Magno Malta, Senador do Espírito Santo, que afirmou que o presidente da república teria enaltecido no Programa Nacional de Direitos Humanos a “excrescência” do projeto de lei 122 (que pretende criminalizar a homofobia), o qual, segundo ainda ele, cria “um império homossexual no Brasil”;

4 - Marcelo Dourado, que fez o Brasil retroceder no campo de direitos humanos, servindo como modelo de comportamento nacional da homofobia, machismo, grosseria, violência e falta de educação;

5- Pastor Silas Malafaia, amigo de Magno Malta e Pastor da Assembléia de Deus, que mantém um blog em que ofende e chama homossexuais de abominações;


6 - General Raymundo Nonato de Cerqueira Filho, indicado para cadeira no Superior Tribunal Militar referiu-se aos gays como “indivíduos desse tipo”, discriminou acintosamente os homossexuais brasileiros afirmando que as forças armadas não devem aceitar a presença de gays, sugerindo que procurem outras atividades

7 - Mahmoud Ahmadinejad, Presidente do Irã. Um dos maiores malfeitores da atualidade dos direitos humanos. Ele mata homossexuais. Ele segrega mulheres. Ele nega o holocausto. Ele promete tirar Israel do mapa.


Bem, a lista poderia ser grande, muito grande mesmo. Mas quis me deter a estes que considero piores, no meio de tantos outros horrores existentes. Faria o boneco desses aí feliz da vida!


8 comentários:

Anônimo disse...

Esse Magno Malta é feio que dói!! Cruz credo!!!!!!!

Anônimo disse...

me extranha vc que postou esta matéria.
Coloca um assassino de homosexuais como ultimo da lista, enquanto que coloca dois senadores que não são contra os homosexuais, pois já declararam isso publicamente, mas que somente querem concertar uma lei que inibe a educação familiar e cristã no segundo e terceiro lugar.
Com isto vejo que vc se deixar levar pelo seu odio e preconceito religioso não sendo muito diferente dos homofobicos, coisa que eu não sou.

Deus te abençoe e te guarde.

Carlos Alexandre Neves Lima disse...

Anônimos, obrigado pelos comentários.

Prezado Segundo Anônimo, Deus também te abençoe e guarde, de verdade. Ao contráio que imagine, não tenho ódio ou preconceito religioso. Por incrível que lhe possa parecer, sou religioso, o que não me impede de possuir senso crítico.

Quanto ao fato de colocar aleatóriamente Mahmoud Ahmadinejad no sétimo lugar (talvez não tão aleatório assim) e antes figurarem as figuras dos Senadores em questão, é de fácil explicação. Os dois Senadores ME PREJUDICAM DIRETAMENTE, pois são contrários a lei que pretende criminalizar a discriminação e preconceito aos homossexuais. Eles como evangélicos possuem todo direito que quererem ensinar seus dogmas e tentarem proteger suas religiões, entretanto, ELES DOIS SABEM que o PLC 122 não interfere na instituição religiosa, MAS AQUILO QUE OCORRE FORA DE SUAS IGREJAS. Fora da igreja, NÃO PODE HAVER DISCRIMINAÇÃO aos homossexuais. Um equívoco seu é dizer que eles não são contra homossexuais. Ambos são, consideram a homossexualidade anti-natural.

Fique em paz.

Anônimo disse...

Oi, eu teria acrescentado nesta sua lista os irmãos Castro e seus pupilos Hugo Chaves e Lula.Beijos, Nana.

Carlos Alexandre Neves Lima disse...

NANA,
Quero brindar pelo empréstimo de sua inteligência aqui.
Bjs

Dorothy Lavigne disse...

Eu tb não concordei muito com a sua opinião. POr minm, o Dourado poderia sar retirado da lista para dar lugar ao padre Lodi da Cruz

Dorothy Lavigne disse...

E nçao entedni pq o anonimo acima incluiria em sua lista um grupo político que tornou Cuba o primeiro pais das Americas a legalizar o casamento entre homossexuais, nem pq incluiria o nome de um lider mundialmente respeitado, responsavel pela criação do Dia Nacional de Combate a Homofobia.

Luan Cunha disse...

Faltou o Julio Severo, mas seu texto está muito bom.

Queria aproveitar e divulgar meu blog, também faço parte da frente LGBT.

http://arcoirisrevolucionario.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin